17 de jun de 2016




Um poema é uma farsa
Tanto quanto se trama
Uma raiva de mentira
Reforça quem você ama
Minha gala abre portas, e pernas,
De quartos e terços gelados (suados):
Mas só meu deus samba...


E a vida é abrir o refrigerador 
Na madrugada
E ter vontade de voltar pra cama.