13 de jun de 2014

Minha vida é uma farsa
Já não sei o que fazer
Se eu compro
Ou se de graça
Outra vida possa ter

Já não vejo em nada graça
Acho tudo démodé
Mudo a cara
Tiro a máscara
Velha-Vida-Psiquê

Mas não vivo em desgraça
Morro mesmo sem saber
Nessa vida
Nada passa
N’outra vida vou vencer