7 de out de 2011

Nem não sempre se percebe,
Como as coisas se dão
Ou o que se dá nas pessoas!

É difícil viver sob o signo das coisas e diante das normas dos homens...

Quase nunca sempre percebo,
Que as coisas me dão
Algo de todas as pessoas!

É mais fácil lidar com as coisas do que com as instituições humanas...

Há homens que falam de coisas.
E há coisas que falam de gente.

As coisas falam de coisas...?
As pessoas falam da gente...?

A gente imagina as coisas ou as coisas imaginam agentes?!?