14 de mar de 2012

JÁ FUI BOA INFLUÊNCIA EM TUA VIDA

TE FAZENDO SER AO MENOS ANSIOSA

MOSTREI MINHA INDULGÊNCIA TODA PROSA

E TU SEMPRE DE GUARDA, NÃO RENDIDA

DE REPENTE NÃO ACHAMOS MAIS SAÍDA

ME DISSESTE: NÃO CABÍAMOS NESTE TEMPO

PELEJEI PARA ESTENDER ESSE MOMENTO

VI SANGRANDO TUA ETERNA COMOÇÃO

PERCEBI NOSSO MUNDO ALÍ NO CHÃO

QUASE MORTO, ESPERANDO UM PASSAMENTO.

7 de mar de 2012

Por enquanto, enquanto durmo pelo chão
Parece vontade meu mundo
Não mais representação!

Vez em quando, quando torno do além-mundo
Tudo me parece em vão
E nada mais absurdo!

Também se creio que meu tempo arde
O saber de um tal Cronos me invade
Deixando-me como besta arredia.
Transformando-me em coisa vadia.

Percebi que precisava de um mote
Pra entender o porquê de minha sorte:
Que eu era menos, mas mais valia...
Que eu era menos demais, mas valia...